Ministro do TCU reclamou de abandono no Parque Olímpico (Divulgação)

O ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU), criticou nesta sexta-feira a situação do Parque Olímpico da Barra. Ele visitou as instalações que serviram como “coração” dos Jogos do Rio-2016 e demonstrou preocupação com a situação do local, que não tem tido movimentação desde o fim dos Jogos Paralímpicos, em setembro – um evento de vôlei de praia será realizado neste domingo, modalidade que nem sequer foi disputada no local durante a Olimpíada.

Segundo Augusto Nardes, o maior problema está na falta de ocupação do espaço. “O parque está com problemas de manutenção, um problema sério de limpeza, que está deixando o local com aspecto de abandono”, afirmou o ministro, em entrevista ao Estado.

Augusto Nardes visitou o local na última quinta-feira e depois se encontrou com o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB). “Eu conversei com ele e pedi para dar uma maior atenção ao turismo da região. A ocupação dos hotéis por lá está em 2%. Dessa forma, o parque olímpico também fica sem movimento”, ponderou.

A intenção de Augusto Nardes é realizar um evento em Brasília com representantes dos ministérios do Esporte e das Cidades, além da Prefeitura do Rio, para debater o tema mais a fundo. “A questão é que ainda não nos foi apresentado um plano de legado para a região, algo que estamos cobrando desde 2013. O TCU quer mostrar que está de olho nisso”, declarou.

Depois de visitar o Parque Olímpico, Augusto Nardes deverá viajar novamente ao Rio nas próximas semanas para acompanhar a situação do Complexo Esportivo de Deodoro, na zona norte da capital fluminense.