O camisa 10 da Seleção Brasileira, Paulo Henrique Ganso, está próximo de ficar no Santos para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, do Japão. Isso porque o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, afirmou, em entrevista ao site oficial do clube, que o jogador está fora dos planos do time para a próxima temporada europeia. Galliani não descartou a contratação de um novo meia, mas disse que o jogador não é Ganso.

“O Milan tem um lugar para um jogador extracomunitário, mas não é Ganso”, cravou Galliani, ao dizer que o subtituto de Pirlo, agora na Juventus, deve sair do próprio elenco do Milan. “Acredito que Pirlo possa ser substituído dignamente pelos meio-campistas que temos no elenco. Se viesse algum jogador, seria um meio-de-campo”, emendou.

Com a negativa italiana, é quase certa a permanência do meia do Santos para o Mundial de Clubes, que acontece em dezembro, no Japão. O clube paulista chegou a entrar com uma representação na Fifa pedindo que a instituição advertisse Milan e Inter de Milão, que assediaram o atleta para que ele se transferisse para a Europa.