Divulgação/Coritiba
Ao ser criticado, Tcheco alfinetou elenco mineiro e disse que Richlaryson “não tem respeito”

Em sua partida de número mil no Couto Pereira, o Coritiba fez bonito e venceu o Atlético-MG por 3 a 0, com gols de Rafinha, Bill e Leonardo. Se dentro de campo, o time de Cuca não conseguiu segurar o Alviverde, fora dele, ficaram as declarações polêmicas do volante Richarlyson.

Destaque na meia-cancha do Coxa, o meia Tcheco acabou responsável pela criação com o avanço de Everton Costa e Anderson Aquino para o ataque. E foi dos pés do veterano que o primeiro gol foi concebido. Na arrancada pela esquerda, Tcheco se infiltrou za zaga do Galo e cruzou na medida para Bill, impedido, abrir o placar.

No intervalo do jogo, o volante Richarlyson reclamou dos companheiros e, irritado, deixou escapar que o grupo não poderia ter deixado passar um jogador “lento como o Tcheco”. A resposta veio pouco depois. Para o meia coxa-branca, externar certas opiniões para a imprensa foi um erro.

“Acho que todos os jogadores têm as suas limitações, mas ninguém expressa isso para a imprensa. Todos os times analisam os jogadores adversários e observam dentro de uma preleção. Acho uma besteira o cara externar isso”, apontou o meia. “Como ele acha que estou lento, os outros jogadores [do Atlético-MG] também devem estar mais lentos ainda, ou ele não tem respeito”, alfinetou Tcheco.