Redação com Portal Terra

O brasileiro Felipe Massa visitou o ex-companheiro Michael Schumacher, com quem trabalhou por um ano na Ferrari, no Centro Hospitalar Universitário de Grénoble (França) há alguns dias e, nesta quinta-feira, deu notícias sobre o estado de saúde do alemão. E são notícias animadoras. Ele revelou que interagiu com heptacampeão mundial de Fórmula 1 e deixou o hospital mais esperançoso com a recuperação.

“Eu sempre tento ser otimista”, iniciou Felipe, antes de dar detalhes da visita feita a Schumi. “Eu o vi, falei com ele, contei sobre os testes de Jerez, sobre o meu novo carro, a Williams e tudo mais. Eu disse que ele precisava acordar. Ele é um homem forte, uma grande pessoa e eu realmente espero que ele possa acordar e desfrutar de sua vida de novo”, afirmou.

O que mais animou Massa foi a resposta que Michael Schumacher deu aos estímulos que recebeu, o que é bastante positivo após um longo período em coma a que foi submetido. “Ele parece normal e também deu algumas reações com a boca e tudo mais. Não tenho experiência para dizer nada agora. Não sou médico. Mas quando o vi, para mim, tudo pareceu bem positivo”, destacou o brasileiro.

Relatos como os de Felipe Massa são as únicas informações sobre como Schumacher vem se recuperando. Os médicos não divulgam novas informações sobre a condição do heptacampeão desde o dia 17 de janeiro, quando revelaram que o alemão sofreu “lesões cranianas sérias e difusas”.