A diretoria do Clube dos 13, presidida por Fábio Koff, realizou uma reunião nesta quarta-feira, em São Paulo. Na pauta, o encontro debateu principalmente o edital de licitação dos direitos de transmissão de TV aberta para o período 2012-2014 do Campeonato Brasileiro. Outro ponto em discussão foi o pedido de desfiliamento do Corinthians ao C13 e o comunicado feito pelos clubes cariocas de negociação à parte das cotas de TV.

De acordo com o presidente do Conselho Administrativo do Atlético Paranaense e vice-presidente do Clube dos 13, Marcos Malucelli, a entidade prossegue com as negociações quanto às transmissões de TV para o Brasileirão, com a expedição de carta-convite às emissoras de canal aberto.

No dia 11 de março serão abertos os envelopes com as propostas das emissoras interessadas em adquirir o direito de transmissão, em TV aberta, com um valor mínimo de R$ 500 milhões por ano. “O edital prevê um aumento na arrecadação individual dos clubes, com a valorização das negociações com a TV. O valor global do contrato em três anos, incluindo todas as modalidades de transmissão (TV aberta e fechada, telefonia móvel e internet), poderá ultrapassar a casa dos R$ 3,5 bilhões.

O Atlético Paranaense, por exemplo, que atualmente recebe cerca de R$ 12 milhões de contrato com a TV para o Brasileiro poderá receber algo em torno a R$ 25 milhões por ano. Ou seja, essa nova proposta de negociação de direitos de transmissão do Brasileiro será bastante vantajosa a todos os clubes, todos terão um aumento substancial em suas receitas”, destacou Malucelli.

Ele informou ainda que o Clube dos 13 fará um repasse de valor aos participantes das Séries B e C do Brasileiro, mesmo não-filiados à entidade, como forma de revitalizar a Série B e incentivar as equipes da Série C.

O edital prevê ainda um ágio de 10% favorável à Rede Globo, ou seja, se as propostas das demais emissoras forem até 10% superior à da Globo, ela manterá o direito de transmissão do Brasileiro a partir de 2012. “Foi uma forma de reconhecer e valorizar o esforço da Rede Globo nos contratos de transmissões do campeonato nos últimos anos”, explicou.

Participaram da reunião de diretoria do Clube dos 13 o presidente Fábio Koff, e representantes de três dos quatro clubes vice-presidentes da instituição – Atlético Paranaense, São Paulo e Internacional.

Desfiliação

Na mesma reunião, o Clube dos 13 aceitou o pedido de desfiliamento do Corinthians, comunicada à entidade nesta quarta-feira. Já quanto à proposta dos quatro clubes cariocas (Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco) de negociar paralelamente os direitos de transmissão, não é possível, pois os clubes se mantiveram filiados ao C13 e o estatuto da entidade proíbe que seus filiados negociem separadamente direitos de transmissão, por se manterem representados pelo próprio Clube dos 13.