O Coxa fez a sua parte em Erechim, vencendo o Ypiranga-RS por 1 x 0. No entanto, para o técnico Marcelo Oliveira, o time teve todas as oportunidades de eliminar o jogo de volta, mas desperdiçou muitas oportunidades de gol. “Nós poderíasmos ter definido e ganhado uma semana pra trabalhar. Foi uma combinação de situações: o Coritiba não teve uma grande atuação e adversário marcou muito, correu muito, teve um contra-ataque muito perigoso”, lamentou o treinador.

Aos 19 do primeiro tempo, o Ypiranga teve um jogador expulso por reclamação. Mesmo com um homem a menos, o time da casa não se abateu e jogou pressão pra cima do Coritiba. A marcação do time de Erechim se fechou e segurou o time do Coxa em seu campo de defesa. “Entendo que no primeiro tempo, quando eles perderam o seu jogador, ali era a oportunidade de marcar. Um segundo gol mudaria muito, o adversário sairia e nõs poderíamos matar o jogo”, citou o Marcelo Oliveira.

Para o técnico, faltou cuidado nas finalizações diante de um Ypiranga lutador em campo. “A gente falhou muito no capricho de uma jogada, uma tabela, rifamos a bola desnecessariamente. Mas é bom lembrar que a Copa do Brasil é muito dificil, o adversário lutou muito. Mesmo assim, ganhamos o jogo e temos uma boa condição para jogar em Curitiba”, afimou.