O técnico Renato Gaúcho comandou um treinamento coletivo na manhã deste sábado, no CT do Caju, a última atividade do Atlético antes da partida de amanhã, contra o Santos, a partir das 18h30, na Arena da Baixada. Depois de repetir a mesma equipe em duas rodadas seguidas, neste domingo Renato Gaúcho terá que mandar outra formação à campo.

É porque o zagueiro Gustavo Lazzaretti foi expulso na derrota por 2 a 1 para o Ceará na última quinta-feira e cumpre suspensão automática diante do Peixe. O meia Madson também está fora do jogo deste final de semana porque pertence ao Santos, e devido a uma cláusula em seu contrato de empréstimo ao Furacão, ele não pode enfrentar o alvinegro paulista. Além disso, Madson também está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

O zagueiro Manoel, recuperado de uma lesão muscular, deve voltar ao time titular do Atlético depois de duas partidas de fora, substituindo Gustavo e jogando ao lado de Fabrício. Na vaga de Madson, Renato Gaúcho deve escalar Rodriguinho, que estreou pelo Furacão no jogo contra o Ceará e deve ganhar sua primeira oportunidade como titular da equipe rubro-negra.

“O Renato ainda não decidiu nada, mas eu estou pronto. Se ele optar por mim, vou fazer de tudo para ajudar o Atlético. A gente tem que estar preparado para quando surgirem as oportunidades”, afirmou Rodriguinho, que deu a receita para o Atlético se recuperar no Campeonato Brasileiro.”A gente tem que fazer a nossa parte primeiro para depois olhar na tabela. Temos que buscar as vitórias para sairmos da zona do rebaixamento”, completou.

Para a partida contra o Peixe, Renato Gaúcho ainda não poderá contar com os atacantes Guerrón e Nieto, ambos no departamento médico, e com o volante Paulo Roberto e o meia Paulo Baier, que seguem aprimorando a parte física. De qualquer forma, o treinador rubro-negro só vai confirmar a escalação do Atlético momentos antes do início da partida deste domingo, mas a tendência é que o time vá à campo com Renan Rocha; Edílson, Manoel, Fabrício e Paulinho; Deivid, Kléberson, Cléber Santana e Marcinho; Rodriguinho e Santiago García.