Com três mudanças na equipe, a Seleção Brasileira mais uma vez não apresentou um grande futebol e perdeu para a Alemanha por 3 a 2, na tarde desta quarta-feira, na Arena de Stuttgart. O Brasil segue sem vencer um clássico no comando do técnico Mano Menezes (perdeu por 1 a 0 para França e Argentina e empatou em 0 a 0 com a Holanda).

A esperança dos torcedores era que o amistoso de hoje servisse para limpar a imagem ruim deixada pela Seleção após a eliminação nas oitavas de final da Copa América, no último mês de julho. Com os estreantes Ralf e Fernandinho (ex-Atletico), que jogaram no lugar de Lucas Leiva, suspenso, e Ganso, que ficou banco, o Brasil foi envolvido pela Alemanha, mas segurou o empate em 0 a 0 até o fim do primeiro.

Os gols saíram apenas na etapa final: Aos 14 minutos, Kroos se jogou na área e o árbitro húngaro Viktor Kassai marcou o pênalti, queSchweinsteiger converteu. O Brasil até voltou melhor no segundo tempo, mas os alemães ampliaram aos 21 minutos, com um bonito gol deGötze após falha de Daniel Alves. De pênalti, Robinho descontou para a Seleção aos 26 minutos. Aos 34, em falha bizarra de André Santos,Schürrle marcou o terceiro tento alemão. Neymar descontou nos acréscimos, fechando o placar de 3 a 2 para a Alemanha.

Neste dia 10 de agosto, Mano Menezes completou um ano à frente da Seleção Brasileira. De lá pra cá, foram treze partidas, com seis vitórias, três empates e três derrotas. O Brasil não perdia para a Alemanha há 18 anos. A última vitória alemã foi em 17 de novembro de 1993, pelo placar de 2 a 1.