Em processo de renovação visando a Copa do Mundo de 2014, o técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, admitiu que a equipe verde e amarela ainda tem muito a evoluir para atingir o nível das grandes seleções da atualidade. Na opinião de Mano, quatro times estão à frente do Brasil neste momento.

“Temos, no mínimo, quatro seleções na nossa frente. O Uruguai, a Holanda, a Espanha e a Alemanha. A Holanda talvez nem tanto, mas a Alemanha e a Espanha jogam um futebol que nós queremos atingir”, afirmou o treinador, que terá dois amistosos ainda em 2011: dia 10/11, contra o Gabão, e dia 14/11, diante do Egito.

Para essas duas partidas, Mano Menezes convocou apenas jogadores que atuam no exterior, para não prejudicar os clubes brasileiros na reta final do Brasileirão. Entre os relacionados está o meia Fernandinho, revelado pelo Atlético e que atualmente joga no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O atleta vem sendo figurinha carimbada nas últimas convocações de Mano Menezes, apesar da desconfiança de parte da torcida brasileira, já que ele não é um jogador de muito status.

“Dizer que o Fernandinho é desconhecido do público brasileiro é desconhecimento do público brasileiro e não é culpa minha. Ele jogou pelo Atlético-PR, fez parte das seleções de base, foi campeão mundial sub-20, inclusive marcando o gol do título”, afirmou Mano Menezes, defendendo a convocação de Fernandinho para os jogos contra Gabão e Egito.