O governador do estado, Beto Richa, anunciou nesta segunda-feira (28), a liberação de mais R$ 10 milhões para as obras na Arena da Baixada. O valor corresponde a segunda parcela do convênio firmado entre o clube, a Prefeitura de Curitiba e o Governo Estadual e é pago através da figura jurídica do “Potencial Construtivo” – técnica que permite a compra e venda do direito de construir em determinado local.

No total, o governo se responsabilizou a passar R$ 45 milhões, dos quais já pagou R$ 20 mi. Outra verba prevista – R$ 45 mi – deve vir da Prefeitura de Curitiba, que guiará as obras de transporte e infraestrutura do município para a Copa do Mundo de 2014. Essa cifra só será captada depois que o Atlético lançar o processo de licitação e contar com uma empresa vencedora para começar a execução dos projetos.

O custo das obras na Arena da Baixada está estimado em R$ 135 milhões e, ao todo, cinco construtoras são esperadas no processo licitatório que o clube deve iniciar no fim de abril.