O técnico Adilson Batista ainda não oficializou o time atleticano que vai enfrentar o Bahia na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Mas algumas coisas já foram definidas pelo treinador, a principal delas é a ausência do meia Madson entre os titulares. No coletivo de ontem, o jogador treinou entre os reservas e Adilson confirmou que ele ficará no banco de reservas.

Além disso, o treinador armou o Atlético com 13 jogadores no coletivo de ontem e confirmou que os 11 titulares sairão destes 13. “Não tem dúvida. Estavam ali os 13, mas a gente já vinha falando das mudanças, do que pode acontecer. Eu já fiz isso ontem, criamos situações em cima daquilo que a gente observou do Bahia. Então, já está definido, sem problema nenhum”, afirmou o treinador.

Com a confirmação de Madson no banco de reservas, a tendência é que Branquinho seja titular e jogue ao lado de Paulo Baier, que volta à equipe após ficar duas partidas de fora se recuperando de uma pequena lesão no joelho. Branquinho também voltou a jogar no último final de semana depois de quase dois meses no departamento médico e teve um bom rendimento contra o Paranavaí.

As dúvidas de Adilson Batista para fechar o time titular estão na lateral direita, já que ontem treinaram Rômulo e Wagner Diniz, e também no meio-campo, onde Wendel, Deivid e Robston foram testados. A confirmação da equipe atleticana somente momentos antes do início da partida, mas a formação deve ser a seguinte: Renan Rocha; Wagner Diniz (Rômulo), Manoel, Rafael Santos e Paulinho; Deivid (Wendel) Robston e Branquinho, Paulo Baier; Guerrón e Adaílton.