Por João Pedro Alves e Osmar Antônio

O Coritiba é o time do momento do Campeonato Paranaense: vem embalado com três vitórias seguidas, a última delas o 3 a 1 sobre o Toledo na tarde deste domingo (23), e chegou à liderança. Apesar dos méritos e resultados, a equipe alviverde ainda tem muito a evoluir. É o que acredita o técnico Dado Cavalcanti, que tem 100% de aproveitamento à frente do Coxa.

Essa avaliação foi feita com base na atuação no estádio 14 de Dezembro contra o Porco, mas pode ser estendida para as outras duas partidas disputadas pelo time principal no estadual.

“A nossa apresentação ainda ficou longe daquilo que esperamos. Podemos correr menos riscos, agredir mais o adversário. O último passe poderia ser feito com mais qualidade e a finalização poderia ter sido feita com mais ambição”, analisou Dado.

Essas falhas, no entanto, foram consideradas naturais pelo estágio em que o Coxa se encontra, ainda no início de um trabalho. Isso é reforçado pelas mudanças que estão tendo que ser realizadas toda rodada e evitam que uma sequência seja dada à uma escalação específica.

“Equipe em formação oscila. É o terceiro jogo dessa equipe. Infelizmente aconteceram muitas trocas. A equipe que estreou é bem diferente dessa que terminou jogando”, lamentou. “Mas é válido pelo uso dos jogadores, do grupo, pelos jogadores que estavam no banco, entraram e fizeram um bom jogo”, completou, vendo também um ponto positivo.

O próximo compromisso do líder no Paranaense está marcado para quinta-feira (27), quando recebe o ameaçado Operário no Couto Pereira.

Notícias relacionadas:

Coxa vence o Toledo fora de casa e assume liderança do Campeonato Paranaense