O departamento médico do Coritiba, representado pelo coordenador médico do clube Dr. Lúcio Ernlund, confirma que o volante Leandro Donizete está fora da primeira partida das finais da Copa do Brasil, diante do Vasco, na próxima quarta-feira (01), às 21h50, no Rio de Janeiro. O jogador passou por uma ressonância magnética nesta segunda-feira para reavaliação médica, mas ainda não se recuperou completamente da distensão muscular que sofreu na panturrilha. O tempo médio de recuperação pode chegar a duas semanas, segundo o Dr. Ernlund.

“O Donizete está vetado para o primeiro jogo, com certeza. Já para o segundo, vai depender da reação que ele tiver ao tratamento. Desde sábado, ele está em tratamento e agora temos que esperar para ver como ele vai reagir”, esclarece o médico do Alviverde, que também dá boas notícias quanto à recuperação de Marcos Aurélio e Pereira. “O Marcos Aurélio começou parcialmente sua preparação física, provavelmente pra jogar o último jogo, dependendo também do quadro individual, assim como o Pereira. Estamos trabalhando com a possbilidade de eles jogarem em casa o último jogo da final”, afirma.

O técnico Marcelo Oliveira tem, agora, três opções para substituir Donizete: Willian mostra sinais de recuperação da entorse que sofreu na última sexta-feira e pode estar à disposição para o primeiro jogo da final; Marcos Paulo e Djair, destaque do time no jogo de ontem, contra o Corinthians, também são alternativas. No departamento médico, Tcheco, que sentiu uma crise renal no último domingo, já está liberado, mas precisa se sentir bem para voltar a campo pelo Coxa.