O primeiro jogo do Super Clássico das Américas, realizado na noite desta quarta-feira, em Córdoba, não poderia ter sido mais sem graça. Brasil e Argentina empataram em 0 a 0 em uma partida sem grandes emoções. O ponto alto do duelo foi a ‘lambreta’ de Leandro Damião em cima do lateral Emiliano Papa, que quase gerou um golaço, por cobertura, se a bola não tivesse batido na trave.

O incrível lance do atacante brasileiro caiu nas graças da imprensa argentina, dos torcedores presentes no estádio Mário Kempes e até mesmo do técnicoAlejandro Sabella. Assim que a jogada foi executada, a torcida argentina aplaudiu a ‘lambreta’ de Damião, os jornais e rádios do país vizinho se renderam ao talento do jogador do Internacional e Sabella chegou a falar publicamente sobre o lance.

“É para parar e aplaudir a jogada que ele fez. Faz tanto tempo que não vejo uma jogada assim que não me lembro como chama. Aqui na Argentina chamamos de ‘bicicleta'”, disse Sabella. “Fui cumprimentar a minha equipe e depois o Damião. Falei para ele não voltar a fazer uma coisa assim”, brincou o técnico da Argentina.

Mano Menezes foi outro que se rendeu à bela jogada de Leandro Damião e elogiou a ascensão do atacante com a camisa canarinha. “O Damião tem mostrado muita personalidade e o crescimento dele tem sido muito rápido. É uma subida meteórica. O levei pela primeira vez contra a Escócia (vitória por 2 a 0) e ele vestiu a camisa da Seleção Brasileira com naturalidade. Isso dá a esperança de que as coisas estão no caminho certo”, disse Mano.

Humilde, o maior artilheiro do futebol brasileiro na temporada (39 gols) disse que está acostumado a fazer esse tipo de jogada. “Pode chamar de carretilha, lambreta. É do jeito que for. Desde a base eu faço isso. É uma jogada que você parte para cima e é muito boa. Estou trabalhando a cada dia para desenvolver outros fundamentos e está dando certo”, afirmou Leandro Damião.