Portal Terra

O polonês Robert Kubica sofreu um acidente impressionante nesta sexta-feira, durante a disputa do Rali do México. O ex-piloto da Fórmula 1 capotou depois de bater em uma parede de concreto, mas foi socorrido com rapidez e sem ferimentos. No entanto, devido aos danos no veículo, ele não foi autorizado a seguir na prova.

Kubica fazia uma boa competição e ocupava a quarta colocação, quando perdeu o controle de seu Ford Fiesta ao fazer uma curva em alta velocidade. Antes, o polonês já havia tido problemas por conta do superaquecimento da caixa de câmbio.

“Eu estava muito feliz com meu desempenho, estávamos muito perto de conseguir um resultado bom. Foi muito decepcionante terminar o dia dessa maneira”, declarou Kubica. “Não estávamos nos arriscando muito, mas tentaremos dar prosseguimento no sábado”, acrescentou.

Kubica, que demonstrava futuro promissor na F1, não conseguiu continuar na principal categoria do automobilismo mundial depois de sofrer um gravíssimo acidente durante uma prova de rali na Itália, no início de 2011.

Apesar de ter o futuro no automobilismo sob xeque, o polonês voltou a correr, especialmente em ralis. No entanto, Kubica tem sofrido acidentes com relativa frequência – neste ano, por exemplo, ele já havia se acidentado durante a etapa de Monte Carlo do Mundial de Rali. Em 2013, também havia sofrido cinco acidentes: quatro capotagens e, em outra, quase caiu de um penhasco.