Encostado no departamento médico há algumas semanas, o meia-atacante Kerlon pode ser liberado para trabalhar a parte física já na próxima semana. A tendência é que o jogador saia do DM na segunda-feira e aí passe cerca de duas semanas aprimorando a parte física antes de voltar a treinar com bola.

“Não adianta ter pressa e não render. A ansiedade já me prejudicou, pois se tivesse ido com mais calma, talvez não tivesse sofrido essa lesão”, disse o “Foquinha”, que já se apresentou lesionado ao Tricolor e demorou cerca de um mês para estrear com a camisa paranista.

Enquanto Kerlon se recupera dessa lesão, o elenco paranista realizava um trabalho físico na manhã desta sexta-feira, na Vila Olímpica do Boqueirão, visando o clássico de domingo, contra o Atlético, na Vila Capanema. O atacante Léo foi poupado desta atividade pois está com uma bolha no pé, mas não preocupa para a partida do final de semana.