A conquista do Bicampeonato Estadual brinda o time do Alto da Glória pela campanha inquestionável que fez na temporada 2011. No ano passado, a história foi a mesma, só o palco da conquista era diferente: o Coxa levou o título depois de vencer o Atlético por 2 a 0, no Couto Pereira. Um dos principais trunfos do Alviverde, na temporada, foi ter mantido o elenco Campeão Brasileiro da Série B, em 2010.

“A gente tenta plantar a sementinha e hoje eu posso comoemroar como jogador invicto no Coritiba. Sou bicampeão. A gente fica mutio feliz em fazer parte dessa história, essa é a nossa motivação, o nosso objetivo”, destacou Tcheco, que entrou na segunda etapa do clássico deste domingo. Já o zagueiro e capitão Jeci direcionou os agradecimentos aos companheiros de equipe. “O carinho que eu recebi deles, o apoio que recebi quando eu voltei. A família é unida”, disse, dando destaque à zaga alviverde.

O goleiro Edson Bastos, um dos cinco na posição que mais vestiram a camisa do Coritiba em toda sua história, espera que as conquistas sejam ainda mais abundantes. “Espero que não pare por aí, a gente sabe que as coisas vão ficando complicadas, a responsabilidade vai aumentar”, previu o goleiro. “Temos que nos preparar ainda mais e comemorar, porque só nós sabemos da dificuldade que passamos”, frisou Bastos.

Marcos Aurélio vem sendo um dos principais destaques do time na temporada. Na partida de hoje, o atacante sentiu lesão e não conseguiu jogar os 90 minutos. Nada que tirasse o brilho da conquista pessoal do jogador. “Fiquei no banco apoiando os meus companheiros. Temos que saber comomerar dentro da casa no nosso rival”, ressaltou.