O segundo semestre do Paraná Clube não tem sido nem sombra do que o time passou na primeira metade de 2011. Terceiro colocado na Série B, com 24 pontos e sete vitórias nas 14 rodadas já disputadas, o Tricolor já começa a fazer as contas de quanto falta para o suplício da Segunda Divisão terminar. Mesmo com cautela, a comissão técnica do time encara com otimismo a sequência do campeonato.

Para o ídolo do clube e auxiliar técnico de Roberto Fonseca, Ageu Gonçalves, o Paraná já conquistou pelo menos 30% do acesso. “Já conquistamos 30% do acesso, mas a caminhada ainda é longa”, avalia o ex-zagueiro do clube, que aposta no trabalho de blindagem para manter o equilíbrio do grupo no Brasileirão. “A gente se fecha pra evitar qualquer coisa negativa de fora. Nós neutralizamos todas as coisas negativas, internamente”, explica.

Valquir Aureliano
Grupo entrosado e união com a torcida impulsionam o Paraná Clube rumo à Série A em 2011

Desde que caiu para a Série B em 2008, o Paraná acumula três participações muito parecidas, mas ainda insuficientes para devolver o time à elite do futebol nacional. Em 2008, sua pior campanha na Série B até hoje, o Tricolor terminou em 11º lugar. Na ocasião, o time venceu 14, empatou sete e perdeu 17 vezes, concluindo o campeonato com 43% de aproveitamento. No ano seguinte, novamente 14 vitórias, mas com um nível um pouco maior na razão pontos disputados e conquistados: 46,5%.

Em 2010, o grupo tricolor empolgou antes da pausa para a Copa do Mundo e chegou a terminar a fase inicial na liderança da Segundona. Na volta, porém, o rendimento caiu e o Paraná terminou na sétima colocação, com 15 vitórias e a mesma porcentagem de aproveitamento conquistada em 2009. E é nessa campanha que o Paraná quer se espelhar, aparar os erros e, finalmente, voltar a respirar os ares da Série A.

Nas 14 rodadas disputadas nessa edição do campeonato, o time da Vila já conta com quase metade das vitórias conquistadas em todo o ano passado. O aproveitamento também empolga: com 57%, o Tricolor tem na boa campanha como visitante seu principal trunfo. Dos sete resultados positivos conquistados, em três o Tricolor estava longe de casa. O Paraná enfrenta o Grêmio Barueri na Vila Capanema nesta sexta-feira (5), às 21h e quer, novamente, fazer a lição de casa para manter vivo o sonho da Série A.