Da Redação

O atleta William Frullani, integrante da equipe italiana de bobsled de quarteto, está fora das Olimpíadas de Inverno que estão sendo realizadas em Sochi, na Rússia, por caso de doping. A decisão foi tomada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) neste sábado (22) após a análise da situação.

Assim que foi pego no teste antidoping realizado na última terça-feira (18), que acusou a presença da substância estimulante metilhexaneamina, Furllani foi afastado da equipe. Além disso e da expulsão por parte do COI, o italiano ainda pode ser punido pela Federação Internacional de Bobsled.

As provas que William Furllani iria participar estão marcadas para este final de semana. Em seu lugar, quem fará parte do quarteto do “País da Bota” é Samuele Romanini.