O sonho de título do Internacional na Copa Audi 2011 acabou na tarde desta terça-feira. O time gaúcho arrancou o empate do Barcelona por 2 a 2 nos minutos finais da partida, mas nas penalidades acabou derrotado pelos espanhois por 4 a 2. Com o resultado, a equipe brasileira disputa nesta quarta-feira (27) o terceiro lugar contra o perdedor da partida entre Bayern de Munique e Milan.

O primeiro tempo em Munique foi dominado pelo toque de bola do Barcelona. Com o time misto, os espanhóis chegaram ao gol com Thiago Alcântara, aos 14 minutos. Na sequência, Afellay acertou a trave do goleiro Muriel.

A segunda etapa foi mais movimentada: o Inter chegou ao empate logo aos 9 minutos com Nei, ex-jogador do Atlético-PR. O treinador Pep Guardiola alterou toda a equipe do Barcelona e o mexicano Jonathan colocou os espanhóis na frente do placar. O Inter passou a pressionar o adversário e, aos 40 minutos, Leandro Damião empatou a partida.

Nos pênaltis, Leandro Damião e Zé Mário relembraram a Seleção Brasileira contra o Paraguai pelas quartas de final da Copa América e isolaram suas cobranças. Muriel defendeu a batida de Jefren, mas Armando acertou a última cobrança decretando a vitória da equipe catalã, finalista do torneio amistoso.

Ficha Técnica

Internacional 2 x 2 Barcelona (Pênaltis: Internacional 2 x 4 Barcelona)

Inter: Muriel, Nei (Zé Mário), Bolívar, Rodrigo, Kléber, Bolatti (Glaydson), Tinga (Wilson Mathias), Elton (Ricardo Goulart), Andrezinho (Lucas Roggia), D’Alessandro (João Paulo) e Leandro Damião. Téc: Osmar Loss

Barcelona: Victor Valdés (Pinto), Fontás (Rosell), Thiago Alcântara (Carmona), Soriano (Balliu), Maxwell (Abidal), Busquets (Armando), Iniesta (Jonathan), Keita (Espinosa), Afellay (Villa), Cuenca (Pedro), Riverola (Jefren). Téc: Pep Guardiola