Do Portal Terra

O campeão olímpico Giba não joga mais pelo Al Nasr, dos Emirados Árabes Unidos. De acordo com a agência EFE, o ponteiro foi demitido pelo clube que defendeu nos últimos três meses após uma reunião inesperada com a diretoria na manhã desta quarta-feira (26).

A assessoria de imprensa do jogador confirmou que ele não faz mais parte do elenco, mas afirmou que houve rescisão contratual “diante das circunstâncias encontradas, e, principalmente, da falta de respeito com um atleta que deu ao mundo tantas alegrias e conquistas”. O texto diz ainda que ele poderá, inclusive, optar pela aposentadoria após o indicente.

O jogador irá resolver detalhes burocráticos nos próximos dias e não se pronunciará sobre o assunto no momento. Ele dará uma entrevista coletiva em São Paulo quando retornar ao Brasil.

Além da medalha de ouro na Olimpíada de Atenas (2004) com a Seleção Brasileira, e da prata em Pequim (2008), Giba já foi eleito o melhor jogador do mundo da modalidade em seis ocasiões.

No ano passado, ele chegou a defender as cores do Funvic/Taubaté, que disputa a Superliga, mas rescindiu o contrato para aceitar a proposta do Al Nasr.