O Atlético não fez um bom primeiro turno no Paranaense. Irregular, a equipe alternou bons jogos com derrotas vergonhosas para times do interior. Mas na estreia do técnico Geninho, e jogando no 3-5-2 pela primeira vez no ano, o Furacão venceu o Rio Branco por 2 a 0 e vai embalado para o segundo turno do estadual.

Primeiro tempo

O jogo começou movimentado na Arena da Baixada, só que mais concentrado no meio-campo e com poucas oportunidades claras de gol. Aos 4 minutos, Madson cruzou e acertou o travessão adversário. Aos 11, Paulinho chutou na rede pelo lado de fora. Aos 21, Lucas recebeu na área e bateu por cima do gol de Fabrício.

O Atlético tomava mais a iniciativa do jogo, mas encontrava dificuldades em armar boas jogadas de ataque. O Rio Branco, por outro lado, não chutou a gol com perigo até os 30 minutos. Até que, aos 33 minutos, o estreante Heverton recebeu lançamento na área e chutou em cima do zagueiro, mas aproveitou a sobra e balançou as redes: 1 a 0 Furacão.

Aos 38 minutos, William cometeu dura falta em Wescley na meia lua, recebeu o segundo amarelo e deixou o Rio Branco com 10 em campo. Na cobrança da falta, Paulinho mandou direto e Fabrício fez boa defesa no canto direito. Aos 42, Lucas cabeceou com muito perigo, quase marcando o segundo gol atleticano. Mas o primeiro tempo ficou no 1 a 0 para o rubro-negro.

Segundo tempo

O Atlético também voltou melhor para a segunda etapa e pressionava o adversário, enquanto o Rio Branco só se defendia. O Furacão criou oportunidades de ampliar o placar com Madson, Lucas, Héverton e Paulinho, tudo antes dos 15 minutos. Aos 17, Madson deixou Wescley na cara do gol, mas o atacante finalizou todo torto pela linha de fundo.

O tempo passava e o Furacão seguia muito superior que o adversário, mas pecava nas finalizações e desperdiçava inúmeras oportunidades de marcar o segundo. Aos 21, Madson lançou Paulinho, que cruzou para o meio da área, mas Wescley e Henan não alcançaram. Aos 30, Wescley perdeu mais uma cara do gol do Rio Branco.

Depois de tanto tentar, enfim o Atlético conseguiu balançar as redes. Aos 31 minutos, Madson cobrou escanteio e Gabriel, livre, cabeceou com categoria no canto esquerdo de Fabrício: 2 a 0 Furacão. Aos 33, a melhor oportunidade do Leão da Estradinha, em cobrança de falta que bateu na rede pelo lado de fora. Mas não houve tempo para mais nada e o Atlético fechou o primeiro turno do estadual com vitória por 2 a 0.