O Clube Atlético Paranaense informou na manhã desta segunda-feira que o técnico Geninho não vai mais treinar a equipe, mas ao contrário do que aconteceu quando Sérgio Soares deixou o comando do clube, a diretoria se antecipou e deve confirmar o nome do novo treinador ainda nesta semana. Adílson Batista deve assumir o Atlético depois de ficar sem clube por quase dois meses. O último clube do técnico paranaense foi o Santos, onde ficou até o fim de fevereiro.

Batista já era considerado um assíduo frequentador da Arena, onde esteve assistindo o time nas últimas partidas do Paranaense. Essa é a primeira vez que o treinador assume o comando do Rubro-negro, ele já teve outra passagem pelo time como jogador.

Geninho em números

Em sua terceira passagem no Atlético Paranaense, o aproveitamento do técnico Geninho foi de 83,33%, segundo a asessoria do time. Neste domingo (3), diante do Paraná Clube, o treinador chegou à décima partida no comando do time atleticano, acumulando oito vitórias, um empate e uma derrota. O Atlético de Geninho marcou 22 gols (média superior a dois por partida) e sofreu dez gols (média de um por jogo).