Vou pedir licença aos leitores que gostariam de ler a respeito do jogo, farei isso amanha. Hoje é dia de falar a respeito do acontecido antes da bola rolar.

Tenho visto e lido muito sobre o ocorrido entre as torcidas do Coxa e do Corinthians.

Começo falando que 90% do que li, é baseado em hipocrisia, mentiras e em pessoas que nunca sentaram suas nádegas em uma arquibancada de futebol!

Para muitos jornalistas, o que vale, é o clique na matéria, não precisa apurar fatos, contar a verdade, quanto mais absurdo o texto, mais acessos terão e mais poderão ofertar para seus patrocinadores!

Nesse momento, fico muito feliz em escrever no Portal Banda B! A equipe do portal, apura tudo para depois soltar a matéria.

Vamos aos fatos:

Segundo o delegado Dr. Clóvis Galvão, cerca de 38 ônibus da torcida do Corinthians solicitaram escolta da entrada da cidade até o estadio. Todas chegaram ao Couto Pereira com segurança e sem maiores problemas.

Acontece que outros 3 ônibus e mais uma van, ignoraram a escolta feita pelo BOPE e se dirigiram por caminho diferente até a loja da Império Alviverde. É bom lembrar, que esses mesmo que desviaram a rota, passaram a semana toda ameaçando que iriam invadir a loja, quebrar tudo e bater em quem estivesse pela frente.

Pois bem, os 3 ônibus e mais a van, pararam na esquina da loja da Império e desceram em caminhada em direção a mesma. Iriam eles comprar camisas da torcida organizada do Coritiba? Iriam eles tomar cerveja com os integrantes da império? Iriam pedir informações de como entrar no estádio ou perguntar que horas começaria a missa na igreja Perpétuo socorro?

N Ã O!!!!!

Esses marginais, foram com um só propósito, tentar quebrar a loja e bater em qualquer um que estivesse de verde nas proximidades, não importa se você é da organizada ou está com a sua família indo ao estádio.

Eis que surgem os bravos guerreiros, que em menor número, defenderam o patrimônio da torcida e os torcedores que chegavam no estádio naquele momento.

O ERRO.

Na minha opinião, o maior erro foi terem chutado o cara caído no chão, no mais, defenderam o que puderam e ao final, foram chamados de marginais pela mídia nacional.

NÃO SOU A FAVOR DA VIOLÊNCIA, mas a legítima defesa, é uma prerrogativa que está especificada inclusive no código penal.

Se eles pensam que aqui é província de São Paulo, que podem ameaçar e fazer o que quiserem, aqui vai um aviso. AQUI É A REPÚBLICA DE CURITIBA, REPÚBLICA DO CORITIBA!

NÃO QUEREMOS VIOLÊNCIA EM NOSSA CIDADE, MAS RESPEITE PARA SEREM RESPEITADOS.

Parabéns ao Dr. Clóvis Galvão que foi justo em suas ações e coerente em suas respostas em sua entrevista coletiva. Vieram caçar assunto e foram assuntados!

Sem mais.

SAV

MARCÃO!