Já faz tempo que o Atlético não vem jogando bem e tem irritado constantemente a torcida rubro-negra. Na noite desta quinta-feira a situação se repetiu e o Furacão somente empatou em 1 a 1 com o Corinthians-PR, em plena Arena da Baixada. Com esse resultado, a equipe de Geninho se distancia dos líderes Coritiba e Paraná na tabela do Paranaense.

Primeiro tempo

O jogo começou movimentado na Arena da Baixada e o Corinthians-PR quase abriu o placar com 1 minuto, quando Rodrigo Hote arrematou a gol e Sílvio fez boa defesa. Mas era o Atlético quem jogava melhor e atacava mais no início da partida. No entanto, o time visitante acabou balançando as redes primeiro. Aos 30 minutos,Cícero recebeu na meia lua da grande área e bateu no canto, sem chances para Sílvio: 1 a 0 Corinthians-PR.

E aí a coisa desandou de vez para o Furacão. A torcida logo perdeu a paciência, vaiava o time a todo instante, enquanto os jogadores se mostravam perdidos em campo, sem poder de reação algum. Até o apito final, o Corinthians-PR tocou a bola com tranquilidade, como se jogasse em casa, enquanto o Atlético não chutou mais a gol e foi para o vestiário perdendo por 1 a 0.

Segundo tempo

O Furacão voltou um pouco melhor na etapa final, mas a torcida continuou pegando no pé dos jogadores. Depois de quatro boas oportunidades, enfim o rubro-negro conseguiu empatar a partida. Aos 15 minutos, Kleberson soltou uma bomba de fora da área, marcando um golaço para o Atlético, o primeiro desde seu retorno ao clube: 1 a 1.

Depois disso, o jogo ficou bastante equilibrado e as duas equipes criaram oportunidades de marcar o segundo gol. O goleiro Sílvio deu três sustos na torcida atleticana, ao falhar em lances perigosíssimos que quase resultaram em gols do Corinthians-PR. No entanto, apesar das tentativas, o placar não saiu do 1 a 1. Os rubro-negros vaiaram o time ao apito final e os atletas saíram de campo sob gritos de “vergonha, vergonha”, muito pela má temporada que o Furacão vem fazendo até aqui.