Ouça o áudio

O Atlético-PR passou como um verdadeiro Furacão no Serra Dourada e goleou o Dragão por 3 a 0, em noite inspirada dos zagueiros Fabrício e Manoel e do volante Kléberson, autores dos gols. Mesmo errando nas finalizações e se aproveitando pouco das jogadas laterais, o time de Renato Gaúcho conseguiu vencer a primeira longe de casa e engatou a segunda vitória consecutiva no Brasileirão. Desde que bateu o Bahia por 5 a 0, ainda pela Copa do Brasil (20/04), o Atlético não conseguia vencer por mais de três tentos de diferença. (Ouça os gols da vitória na narração de Jaques Santos)

Com 11 pontos, o Atlético é o19° colocado no Campeonato Brasileiro, a dois pontos de deixar a zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Rubro-negro recebe o Corinthians, na Arena da Baixada, neste domingo (7), às 16h.

Meio congestionado

O duelo de xarás começou com duas equipes travadas, restritas às jogadas de meio-campo. Com erros bizonhos de finalização, o Dragão chegou a irritar a torcida quando recorreu ao toque pra trás em meio a um contra ataque. O time goianiense só subiu com perigo aos 24, quando Gilson cabeceou firme para a defesa de Renan Rocha.

O Furacão fez o papel de visitante indesejado e tomou as rédeas da criação, mas sem perceber os espaços deixados pelas laterais, acabou preso na meiuca e pouco conseguiu fazer. Após ter boas chances com Marcinho, Edílson cobrou falta e, na bola desviada, o zagueiro Fabrício saiu do campo de defesa para resolver e fazer o primeiro do Furacão, aos 43.

Caminho da vitória

Com a vantagem conquistada no fim do primeiro tempo, o Atlético-PR voltou ligado e alvo de pressão do time da casa. Renan Rocha teve que trabalhar desde o início para segurar a vitória. Isolado na área, Morro García, em uma das poucas chances que teve de chutar a gol, aproveitou a sobra para mandar uma pancada e assustar o goleiro.Renato Gaúcho decidiu sacar o uruguaio, que, sem a bola na área, pouco conseguiu fazer.

E, se a defesa atleticana estava bem colocada, foi dela, também, que saiu o segundo gol do Furacão. Em um momento em que o Rubro-negro paranaense sofria com a pressão e com os erros de finalização, o time atleticano fez uma boa trama no meio campo e de pé em pé, a bola chegou no zagueiro Manoel, que chutou firme para estufar as redes e fazer segundo do Atlético-PR no Serra Dourada. Cinco minutos depois, Edílson inverteu a jogada e Kléberson mandou de longe para marcar um golaço e fechar a conta para o Atlético-PR que venceu a primeira fora de casa no Campeonato Brasileiro.