Por Felipe Dalke

Após a boa vitória que conquistou sobre o Universitario, em Lima, no Perú, o Furacão enfrentou o mesmo adversário mas desta vez, dentro de casa, na Vila Capanema e conseguiu uma grande vitória sobre a equipe peruana. O Rubro-Negro chegou ao primeiro gol no primeiro tempo com Bruno Mendes e ampliou na segunda etapa com Felipe e depois com o artilheiro Éderson. Com o resultado positivo, o Atlético chegou aos 9 pontos no Grupo 1 da Libertadores, dividindo a liderança com o Vélez, adversário da próxima quarta-feira (26).

Confira os gols narrados por Paulo Sérgio:

LIBERTADORES 20-03-14 – ATLETICO X UNIVERSITARIO PERU – 1 GOL CONTRA – PAULINHO (1) LIBERTADORES 20-03-14 – ATLETICO X UNIVERSITARIO PERU – 2 GOL FELIPE – PAULINHO LIBERTADORES 20-03-14 – ATLETICO X UNIVERSITARIO PERU – 3 GOL EDERSON – PAULINHO (1)

Furacão abre o placar cedo mas Éderson perde gol incrível

Jogando novamente contra o fraco Universitário, do Peru, o Furacão teve a grande chance de criar uma boa vantagem logo no primeiro tempo mas não conseguiu aproveitar as oportunidades de gol que teve, apenas uma, com o atacante Bruno Mendes.

Logo aos 9 minutos, o Atlético já era bastante agudo no ataque e conseguiu chegar ao gol pelo lado esquerdo do campo. Mirabaje achou Bruno Mendes bem posicionado, o atacante dominou a bola, invadiu a área e bateu forte para abrir o placar na Vila Capanema, fazendo a torcida explodir no estádio.

Com 33 minutos, o artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2013, Éderson, “perdeu o gol do ano”, como classificou o comentarista da Rádio Banda B, Sicupira. Douglas Coutinho recebe a bola em posição legal, na frente dos defensores, e quando chegou na frente do goleiro, tocou para Éderson, que sem goleiro, chutou pra fora, perdendo o gol de forma incrível e mantendo o placar no 1 a 0 neste primeiro tempo.

Equipe muda de ritmo e fecha o placar com goleada

O Furacão voltou sonolento pro segundo tempo. Douglas Coutinho, que havia ido muito bem na primeira etapa, não voltou com o mesmo gás e fez o ataque todo da equipe Rubro-Negra cair de produção. Os laterais do Atlético também não estavam participando ativamente do jogo, como normalmente fazem.

O técnico Miguel Angél Portugal fez a sua primeira mudança de forma equivocada, inclusive foi até vaiado pela torcida, já que trocou Mirabaje, que vinha atuando bem, pelo meia Felipe. Apesar da ira dos atleticanos, a troca de meias deu muito certo, pois não demorou muito para que o próprio Felipe ampliasse o placar.

Aos 16 minutos, apenas três após a entrada de Felipe, Bruno Mendes desceu pelo lado esquerdo do campo e achou o meia, que invadiu a área e bateu de chapa, com categoria para deslocar o goleiro, e ver a bola bater na trave e balançar as redes da Vila Capanema, marcando o segundo gol do Furacão.

Com quase 40 minutos, o Atlético ainda ganhou um presentão do goleiro Carvallo, que errou feio em um lance fácil. Após recuo de bola, o arqueiro do Universitário tentou bater para frente e deu no pé do artilheiro Éderson, que dominou a bola e bateu com tranquilidade para fechar o placar no 3 a 0.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO 3 X 0 UNIVERSITARIO

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR).
Data: 20 de março de 2014, quinta-feira.
Horário: 17h30.

Atlético: Weverton; Sueliton, Manoel, Cleberson e Natanael; Deivid, Paulinho Dias e Matías Mirabaje (Felipe); Douglas Coutinho (Fran Mérida), Ederson e Bruno Mendes (Crislan).
Técnico: Miguel Ángel Portugal.

Universitario: Carvallo; Chavez, Duarte, Moreyra e Gomez; Luna (Olascuaga), A. Gonzales, Vargas e C. Gonzales; Ruidíaz e Martínez (Aguirre).
Técnico: Carlos Silvestri.

Cartões amarelos: Luna e Vargas (UNI); Douglas Coutinho e Wéverton (CAP).
Gols: Bruno Mendes (CAP), aos 9 minutos do primeiro tempo. Felipe (CAP), aos 16 minutos e Éderson (CAP), aos 40 minutos do segundo tempo.