Nesta quarta-feira (17), a Federação Paranaense de Futebol (FPF) realizou o arbitral para decidir a nova fórmula do Campeonato Paranaense 2013. Em reunião com representantes dos dez clubes da Primeira Divisão, foi definido que a competição ano que vem terá apenas uma mudança com relação à fórmula usada no ano de 2012: os critérios de desempate na final.

O Paranaense seguirá com dois turnos, e o campeão de cada um deles se enfrentam na final. Caso algum clube vença os dois turnos, ganha o troféu direto.

A única alteração será nos critérios de desempate nos jogos da final. Em 2012, não existia o saldo de gols como desempate, e a nova fórmula inclui esta questão. Em uma eventual final, o clube que foi melhor durante os dois turnos terá a vantagem de jogar por dois resultados iguais, impossibilitando assim uma disputa de pênaltis.

Os dez representantes dos clubes que disputam a Primeira Divisão do Campeonato Paranaense aprovaram esta fórmula, alegando que o clube que foi o melhor durante toda a competição tem que ter a vantagem na final.