Última contratação do Atlético, o zagueiro Fabrício foi apresentado à imprensa e já está treinando com o elenco rubro-negro, no CT do Caju. O jogador espera seu contrato ser publicado no BID da CBF para poder estrear pelo Furacão. Em sua primeira entrevista como atleta do Atlético, o zagueiro disse estar muito feliz com esse novo desafio em sua carreira.

“É mais um desafio na minha carreira e chego com confiança total. O elenco tem muita qualidade, faltam alguns detalhes para acertar, como toda equipe no começo do Brasileiro, mas com certeza vamos engrenar e fazer um bom campeonato.Estou pronto, já vinha treinando direto no Cruzeiro. Agora é continuar trabalhando e esperar a minha oportunidade. Sou quarto zagueiro, mas onde ele(Adilson Batista)me colocar vou me empenhar ao máximo. Esse é o meu objetivo, ter a confiança dele e ser titular”, disse Fabrício.

O jogador falou também sobre a polêmica de sua negociação com o Atlético. O clube rubro-negro já havia acertado a contratação do zagueiro junto ao Cruzeiro, mas o Fluminense também queria contratá-lo e ele chegou até a fazer exames médicos no Rio de Janeiro. No entanto, o Cruzeiro não aceitou negociá-lo com o tricolor carioca, pois já havia dado a palavra de que Fabrício iria para o Atlético, e assim ele acabou assinando com o Furacão.

Para justificar a perda da negociação, o Fluminense divulgou uma nota oficial afirmando que Fabrício estava com uma lesão no ombro, e por isso o clube havia desistido de contratá-lo. No entanto, o departamento médico do Atlético negou que o zagueiro esteja lesionado, e o próprio jogador garantiu que não tem problema nenhum no ombro.

“Isso não é verdade, já tive uma lesão, mas foi há dois anos e fiz todos os exames comprovando que estou apto a jogar, como estava no Cruzeiro, e isso não vai impedir o meu desempenho em campo. Foi um desencontro de informação que acabou ocasionando essa situação chata”, afirmou o novo reforço atleticano.

Bruno Pires

Com as dispensas dos zagueiros Gabriel, Flávio e Dalton, o Atlético promoveu da base o defensor Bruno Pires, formado nas categorias de base do clube. O jogador já participou do coletivo de ontem, e junto de Fabrício, Manoel, Rafael Santos e Bruno Costa, forma o grupo de zagueiros do elenco profissional do Furacão.