Por Esporte Banda B

Carlos Alberto Silva tinha 77 anos e comandava uma agência de turismo em Belo Horizonte (Divulgação)

Morreu na manhã desta sexta-feira (20) o ex-treinador Carlos Alberto Silva, campeão brasileiro com o Guarani em 1978 e prata olímpico com a seleção brasileira nos Jogos de Seul, em 1988. Silva tinha 77 anos e era dono de uma agência de turismo em Belo Horizonte. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Carlos Alberto Silva começou a carreira no Guarani, no qual conquistou um feito histórico logo no seu primeiro ano como treinador, em 1978, quando conquistou o título brasileiro pelo clube campineiro. A ascensão foi rápida e fez com que o técnico acumulasse passagens por grandes clubes do futebol nacional como São Paulo, Atlético-MG, Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras e Santos, além de colocar no currículo times internacionais como o Yomiuri Kawasaki-JAP, o Porto-POR e o Deportivo La Coruña-ESP.

Carlos Alberto Silva foi campeão brasileiro pelo Guarani em 1978 (Divulgação)

O comandante assumiu a seleção brasileira em 1987 e conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis do mesmo ano e a prata olímpica nos Jogos de Seul, em 1988.

O seu último clube como treinador foi o Atlético-MG, em 2005. De lá para cá, Carlos Alberto Silva comandava uma agência de turismo na capital mineira.

Clube pelo qual fez história, o Guarani postou uma mensagem de agradecimento em sua conta no Twitter. “Obrigado por tudo, mestre”, escreveu. Outra homenagem foi publicada pelo ex-atacante Amoroso na mesma rede social. “Luto. Meu grande mestre Carlos Alberto Silva! Que o senhor Jesus te receba de braços abertos! Gratidão por tudo que me ensinou! Amo você”, disse.

Carlos Alberto Silva passou por uma cirurgia no coração no fim de 2016 e se encontrava em fase de recuperação. No entanto, não há informações ainda sobre a causa da morte do ex-treinador, bem como o local do velório.