Após a derrota do São Paulo para o Botafogo, por 4 a 2, na estreia do Brasileirão, no Rio de Janeiro, o ex-jogador do Atlético, Jadson, autor do primeiro gol Tricolor, acabou criando polêmicas com o treinador Leão.

Reprodução/Twitter

Mensagem enviada para Jadson

Habituado à usar a rede social “Twitter”, o meia Jadson acabou reproduzindo uma publicação enviada por um torcedor em que desrespeitava o técnico do clube.

A frase reproduzida era:“Eu fico impressionado com o @jadson10_ Ele mantém o astral e não baixa a guarda pras filhas da putice do Leão. Cada vez mais fã do nosso 10”.

Pouco tempo depois, o meia voltou ao Twitter, deletou a mensagem e se desculpou publicamente, dizendo que tem o costume de reproduzir várias postagens, mas não prestou atenção naquela.

“Como sempre faço, respondo e dou RT em várias mensagens legais que chegam pra mim no Twitter. As vezes dou RT para também prestigiar as pessoas. Hoje dei RT em várias mensagens legais que chegaram, mas não me dei conta de que uma, além de elogiar, estava fazendo críticas ao nosso treinador. Assim que percebi, apaguei a mensagem porque não concordo com o que estava escrito.Tenho um enorme respeito e admiração ao técnico Leao. Foi ele quem me trouxe para o SPFC”, postou o camisa 10 do São Paulo.

Leão, em entrevista à Rádio Estadão ESPN, não ligou para o acontecido.“Eu conheço o caráter do Jadson. O dia que um atleta se sentir desprestigiado, a boca do jogador é aberta. Se tudo que eu recebo de mensagem eu passá-la, é impublicável. O que eu acho é que o atleta tem de ser inteligente para não ser usado”, garatiu.

Com isso, a crise no São Paulo tende a aumentar, já que o presidente do clube, Juvenal Juvêncio, admitiu ter tido atritos com o treinador Leão.