Por João Pedro Alves

Longe do estádio São Januário desde 2012 quando pendurou as chuteiras em definitivo, o ex-atacante Edmundo planeja uma volta em grande estilo à casa de todos os cruzmaltinos no futuro. Ídolo do Vasco da Gama, onde foi revelado e também onde se aposentou, o “Animal” traçou como objetivo assumir a presidência do clube carioca dentro de um prazo ainda não definido para tentar reerguê-lo.

(Foto: Divulgação)

Edmundo pretende voltar ao Vasco para colocá-lo nos eixos (Foto: Divulgação)

O sonho poderia estar mais perto do que parece, já que o Vasco tem eleições presidenciais previstas para acontecer em 2014. No entanto, Edmundo prefere dar mais um tempo para poder se preparar e não “cair de para-quedas” no gabinete que desde 2008 é ocupado por outro ícone vascaíno, Roberto Dinamite.

“Estou tentando me preparar porque tenho pretensões de ser presidente do Vasco um dia. Isso é fato. Estou me preparando, estou estudando bastante. Já fiz dois cursos, já vou entrar em um terceiro”, afirmou o ex-jogador em entrevista ao Lance! durante o carnaval carioca.

Ele pode ainda não concorrer este ano, mas já pretende participar mais da vida política do clube a partir de agora. Tanto que revelou estar conversando com alguns possíveis candidatos para decidir quem irá apoiar no pleito. “Quero estar próximo de alguém que me mostre o melhor caminho. Quero sempre o melhor do Vasco, para que volte a ser grande, pague suas dívidas e construa seu estádio”, disse.

As eleições deste ano ainda não têm data definida, mas a tendência é que sejam marcadas para o mês de junho. Após dois mandatos e dois rebaixamentos no Campeonato Brasileiro em seis anos, Roberto Dinamite já anunciou que não irá se candidatar pela terceira vez. As informações de bastidores dão conta que o favorito para assumir o cargo é um velho conhecido da torcida, Eurico Miranda.