A estufa do Jardim Botânico de Curitiba ficará iluminada em verde e amarelo na noite desta sexta-feira (16), para marcar a contagem regressiva de mil dias para a Copa do Mundo da FIFA 2014. Nos sete dias seguintes, a iluminação do Botânico terá cores homenageando os outros 7 países campeões mundiais.

“São mil dias que nos separam do grande evento da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, mas cada um desses dias representa um passo importante na construção de um legado que será permanente para a população”, diz o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci. “Trabalharemos muito nos próximos mil dias para fazer uma Copa do Mundo perfeita, que certamente resultará em centenas de milhares de sorrisos e emoções em 2014.”

Nesta sexta, o jogador Kléberson, do Atlético, campeão mundial em 2002, fará o acendimento das luzes do Botânico, às 19h. Além do Brasil, campeão nos anos 1958, 62, 70, 94 e 2002, as luzes do Botânico terão as cores da Itália, no sábado (17); da Alemanha, no domingo; do Uruguai, na segunda-feira; da Argentina; na terça-feira; da Inglaterra, na quarta; da França, na quinta; e da Espanha, na sexta-feira (23).

“Mil dias e um grande sonho nos separam da abertura da Copa do Mundo da FIFA de 2014, a saber: a realização de uma Copa inesquecível, de alto nível técnico nos gramados e da mais perfeita organização fora deles, com benefícios duradouros para os brasileiros e as melhores lembranças aos nossos visitantes”, diz Beto Richa, governador do Paraná.

Ainda na sexta-feira (16), para celebrar os mil dias, a Prefeitura lançará um vídeo em seu website (www.curitiba.pr.gov.br), mostrando a preparação da cidade para a Copa.”Os preparativos estão avançando. Já são R$ 140 milhões em investimentos em 8 obras importantes, algumas já concluídas e outras em fase final”, diz o secretário municipal para a Copa, Luiz de Carvalho.

As obras em andamento formam um verdadeiro “PAC de Curitiba”, com recursos do Município, do Governo do Estado, do BID e da Agência Francesa.

Estas obras são: Trincheira Bacacheri/Bairro Alto (9 milhões); Linha Verde Norte (52 milhões); Binário Chile/Guabirotuba (9,5 milhões); Anel Viário (36,3 milhões); Rua 24 Horas (4 milhões); Avenida Marechal Floriano Peixoto Fase 1 (9,4 milhões); e as Avenidas Toaldo Túlio (4,7 milhões; obra concluída) e Fredolin Wolf (17 milhões) que formam uma nova ligação viária BR 277/Santa Felicidade/Parques Tingui e Tanguá/Ópera do Arame.

Além das obras em andamento, a cidade e a Região Metropolitana ainda serão beneficiadas pelos investimentos do PAC da Copa, com mais obras feitas por Prefeitura de Curitiba e Governo do Paraná, com financiamento do Governo Federal.

“O PAC da Copa é um complemento importante para as obras da Copa, com mais R$ 450 milhões em financiamento ao Município e ao Governo do Paraná, em obras de mobilidade urbana em Curitiba e Região Metropolitana”, diz o secretário estadual da Copa, Mario Celso Cunha.

As obras do PAC da Copa são: Avenida das Torres (Corredor Aeroporto/Rodoferroviária/Estádio); Linha Verde Sul; Corredor Metropolitano; Marechal Floriano Fase 2; Rodoferroviária; Terminal Santa Cândida; Sistema Integrado de Monitoramento; Vias de Integração Radial Metropolitana.