Por Pedro Melo com informações de Felipe Dalke

Alemão afirma que a meta pessoal é de colocar o Paraná novamente na Série A. (Geraldo Bubniak)

O Paraná está a apenas um ponto da zona de rebaixamento e vive mais uma vez uma situação inesperada dentro da Série B do Campeonato Brasileiro. Porém, o momento incomoda o elenco paranista que promete uma pronta recuperação já na partida desta terça-feira (18) contra o Brasil de Pelotas. Um dos últimos reforços contratados, o atacante Alemão concedeu entrevista sincera na Vila Capanema, ressaltou a qualidade do atual elenco, mas deixou um recado para aqueles que não tiverem interessados em colaborar com o objetivo de colocar o Tricolor novamente na primeira divisão.

“Eu acompanhei o Paraná desde o começo do ano, teve uma série invicta no estadual e depois saiu diante do Atlético. O estadual é completamente diferente do Brasileirão. Nosso time é novo, tivemos algumas perdas de jogadores importantes, porém, nosso grupo é esse e saio em defesa. Esse elenco tem muita qualidade e só com apoio do nosso torcedor a gente vai conseguir sair dessa situação. Nosso pensamento é de acesso e não de brigar para cair ou ficar no meio da tabela. Quem não quiser subir, vá conversar com a diretoria e procurar outra coisa”, declarou o atacante.

Sempre que começa uma campanha irregular também já tem especulações sobre atraso de salários. Porém, Alemão negou essa possibilidade e ainda destacou todo o trabalho feito pela diretoria paranista. “Nossa diretoria está fazendo de tudo para deixar tudo certo, não estamos com salários atrasados e os dirigentes estão fazendo de tudo para os jogadores. Temos que nos cobrar para termos uma reviravolta e buscarmos o acesso”, cobrou.

Depois da derrota para o Oeste, o Tricolor demitiu o técnico Cristian de Souza e agora inicia a reestruturação no comando para continuar a temporada. O atacante paranista admitiu que o desempenho na última rodada foi abaixo do esperado e alertou que se os resultados não vierem, os jogadores serão ainda mais cobrados. “Hoje em dia no futebol brasileiro isso é normal, mas não deveria. A culpa é do treinador sim, mas é também dos jogadores que as vezes é até maior. Eu não fiquei feliz com nosso jogo de sexta, fiquei p… da vida e nosso time tem mais qualidade que o deles. Mandou treinador embora, continua os resultados negativos, vai começar a sobrar para os jogadores”, disse.

Alemão ainda complementou que para a próxima partida o Tricolor precisa contar com o apoio da torcida desde o apito inicial e cobra gol nos primeiros 20 minutos para ter mais tranquilidade em campo. “Tem que propor jogo, buscar o ataque e trazer o torcedor para nosso lado que é algo de suma importância. Eles apoiam e cobram quando precisa. Nós temos que trazer o torcedor e se a gente não conseguir fazer gol nos primeiros 30 minutos, vai irritar de novo e começa a vaia. Isso atrapalha a confiança do jogador independente de quem seja. Eu espero que nosso time proponha o jogo e saia com 1 a 0 nos primeiros 15, 20 minutos para nos dar tranquilidade”, pediu.

Assista a entrevista na íntegra do atacante Alemão:

O atacante Alemão fala em coletiva na Vila Capanema

Posted by Esporte Banda B on Monday, July 17, 2017