Por Guilherme Coimbra

PSTC e Toledo estão em situação delicada na zona de rebaixamento; equipe Procopense tem missão quase impossível (Divulgação/PSTC)

A primeira fase do Campeonato Paranaense chega ao fim nesta quarta-feira (29) e a última rodada promete pegar fogo. Além da disputada briga pela classificação e pela parte de cima para evitar confrontos complicados, a mais acirrada é a disputa contra o rebaixamento. Com direito a dois confrontos diretos, ao todo, cinco equipes duelam contra o descenso.

Dentre os ameaçados, a situação mais complicada é a do PSTC. Sensação da última edição do estadual, o clube de Cornélio Procópio é o lanterna da competição com apenas cinco pontos. Para se livrar do rebaixamento, tem que não só vencer, como golear o JMalucelli e ainda torcer por tropeços de Toledo e Rio Branco, também com goleada. A equipe Procopense precisa tirar 10 gols de saldo para os adversários.

Já o Toledo depende só de si. No clássico do oeste paranaense contra o FC Cascavel, o Porco precisa vencer o rival por dois ou mais gols de diferença para se livrar. Em caso de empate ou vitória simples e um tropeço do Rio Branco, o time se mantém na elite.

Já o Leão da Estradinha, primeira equipe fora da zona de rebaixamento, vai ter que usar da superação para livrar os riscos e até sonhar com a classificação. Um dia após o técnico Saulo de Freitas sofrer um infarto, o Rio Branco precisa apenas da vitória para se garantir na primeira divisão. Se vencer o Foz do Iguaçu por dois gols de diferença e contar com um tropeço do FC Cascavel, o time do litoral garante a vaga nas quartas de final.

Em situação mais confortável, a Cobra precisa apenas de um empate para permanecer na elite. Nono colocado com 11 pontos, o FC Cascavel precisa vencer o Toledo e torcer por um tropeço do Foz do Iguaçu para se classificar. Em caso de vitória dos dois clubes, será preciso tirar dois gols de saldo do time da fronteira.

Lanterna do Campeonato Paranaense durante quase toda a primeira fase, o Foz reagiu no fim e hoje abre a zona de classificação para as quartas de final. Com menos de 1% de chance de queda (teria que sofrer uma goleada histórica e torcer para o Toledo golear o Cascavel), o time iguaçuense quer a vitória para escapar do líder Paraná Clube no mata-mata.

Com a bola rolando, nesta quarta-feira (29), às 21h45, a briga pela classificação, por uma vaga na parte de cima e contra o descenso promete ser acirrada até o final.

Confira os confrontos:

PSTC x JMalucelli – 21h45 – Ubirajara Medeiros

Toledo x FC Cascavel – 21h45 – 14 de Dezembro

Prudentópolis x Cianorte – 21h45 – Newton Agibert

Londrina x Coritiba – 21h45 – Estádio do Café

Rio Branco x Foz do Iguaçu – 21h45 – Estradinha

Paraná x Atlético – 21h45 – Vila Capanema