O vice-presidente de futebol do Paraná, Paulo César Silva, disparou críticas à diretoria do Operário após o empate de ontem em 1 a 1 entre Tricolor e Fantasma. De acordo com Paulão, os dirigentes paranistas foram extremamente mau tratados no estádio Germano Kruger e tiveram que assistir ao jogo das arquibancadas, escoltados pela Polícia Militar.

“Se não é o policiamento, e quero parabenizar o comandante que nos protegeu e nos tirou dali, porque o que nós passamos aqui, não existe mais no futebol.Me admira muito a diretoria do Operário, porque quando eles vão lá em Curitiba, no Durivial de Britto, nós arrumamos um camarote, colocamos segurança à disposição, damos cafezinho. Vamos ver ano que vem, se estiver lá, eles vão para a Curva Norte. Eles vão aprender o que é sofrer como nós sofremos hoje”, desabafou Paulão.