Entre idas e vindas, a taça de Campeão Paranaense, caso o Coritiba consiga empatar ou vencer o clássico com o Atlético, neste domingo, às 16h, na Arena da Baixada, deve mesmo ser levantada no Couto Pereira. A decisão veio da diretoria do clube e foi anunciada na tarde desta sexta-feira (22), pelo vice-presidente de futebol do clube, Vilson Ribeiro de Andrade. A medida, segundo o dirigente, será tomada em nome da segurança, diante de um cenário de violência e agressões noticiadas durante toda a semana.

Site Oficial do Coritiba
Marcos Aurélio é confirmado entre os titulares

Para o técnico Marcelo Oliveira, a decisão foi acertada. O treinador sabe que, por merecimento, qualquer campeão tem o direito de erguer o trofeu e dar a volta olímpica, em comemoração. Mas, segundo ele, a medida é preventiva e irá ser respeitada. “Já que é uma prevenção com relação à segurança, a gente respeita. Ainda temos mais um jogo, quem sabe a gente possa comemorar em outro momento”, alerta o técnico.

Em campo

Marcelo Oliveira não faz mistério e conta que Marcos Aurélio, poupado nos treinamentos de ontem, é titular no jogo decisivo de domingo. A torcida do técnico, que teve a semana toda para preparar a equipe, é que a tranquilidade seja regra e que, dos dois, que vença o melhor em campo no clássico.

“Não dá pra fazer mistério com relação à escalação, mas com marcação e movimentação dos jogadores a gente pode criar situações para supreender o adversário”, antecipa o treinador, que espera um jogo equilibrado, principalmente pela boa fase que o Atlético vive.