A inesperada derrota de ontem por 2 a 1 para o desconhecido Rio Branco, do Acre, quebrou uma boa marca que o Atlético mantinha na Copa do Brasil. Há dez anos, o Furacão não estreava nesta competição com derrotada. A última vez que isso aconteceu foi em 2001, quando o rubro-negro largou na Copa do Brasil perdendo para o Treze da Paraíba por 2 a 0.

Naquele ano, o Atlético conseguiu fazer 2 a 0 na Arena da Baixada e se classificou para a próxima fase em uma tensa disputa de pênaltis. Em 2011, a classificação não precisará ser tão dramática assim, já que o Furacão marcou um gol de fora de casa e uma vitória simples por 1 a 0 faz o rubro-negro avançar de fase. O jogo de volta está marcado para a quarta-feira que vem, dia 02, às 19h30, na Arena da Baixada.

Além de não perder em estreias de Copa do Brasil há dez anos, o placar de ontem significou a quarta derrota atleticana logo na primeira partida da competição. Antes de sucumbir diante do Rio Branco, o Furacão só havia perdido para o Treze da Paraíba (2001), para o Cruzeiro (em 2000 – para neste ano os clubes participantes da Copa Libertadores estrearam apenas nas oitavas-de-finais) e para o Náutico (1989).

Confira abaixo as estreias atleticanas em todas as suas 15 participações no torneio (dados do site Furacao.com):

1989 – Náutico 1 x 0 Atlético
1991 – Atlético 1 x 1 Vitória
1992 – Atlético 3 x 1 Operário-MS
1996 – Ji-Paraná 1 x 1 Atlético
1997 – Atlético 3 x 0 Sport
1999 – Sampaio Corrêa 1 x 3 Atlético
2000 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético
2001 – Treze 2 x 0 Atlético
2003 – Tuna Luso 2 x 2 Atlético
2006 – Moto Club 1 x 3 Atlético
2007 – Coxim 2 x 5 Atlético
2008 – Corinthians-AL 1 x 1 Atlético
2009 – Tocantins 0 x 3 Atlético
2010 – Vilhena 2 x 2 Atlético
2011 – Rio Branco-AC 2 x 1 Atlético

Leandro Niehues

O jogo de ontem, no Acre, marcou a última partida sob comando do técnico interino Leandro Niehues, que volta a ser auxiliar técnico. O novo comandante da equipe, Geninho, já inicia amanhã os treinamentos com o elenco rubro-negro. Com cinco jogos treinando o Atlético, Niehues conseguiu três vitórias e duas derrotas, um aproveitamento total de 60%.