Depois de viver momentos de glória no estádio Mestalla, em Valencia, e ajudar o Real a conquistar a Copa do Rei depois de 18 anos de jejum, o lateral Sérgio Ramos fez o improvável. Durante as comemorações, já em Madrid, Ramos tentou erguer a taça de 15 kg, mas deixou o troféu escorregar e cair embaixo do ônibus que levava os jogadores. A taça chegou a ser arrastada por alguns metros na Av. Cibele, na capital espanhola.

Sérgio Ramos avisou os companheiros de time e logo o objeto principal da conquista do Real foi retirada debaixo do ônibus, mas segundo informou o jornal espanhol “Marca”, a taça estava esmagada e desfigurada. Bem humorado, o lateral explicou o incidente no seu twitter. “Foi um mal entendido. A taça não caiu, saltou quando chegou a [Av.] Cibeles e viu tantos madridistas”, disse.

Preparada para possíveis acidentes com o troféu, a Federação Espanhola de Futebol (RFEF) já encaminhou uma réplica exata da taça da Copa do Rei para o Real Madrid, que celebrou a sua 18ª conquista na competição.

O próximo encontro de Barcelona e Real acontece no opróximo dia 27, dessa vez pela semifinal da Copa dos Campeões, em Madri. O jogo de volta será realizado no Cam Nou, no dia 3 de maio