Por Juliano Cunha

Autódromo seguirá com suas competições. (Divulgação/AIC)

Autódromo seguirá com suas competições. (Divulgação/AIC)

Aumentaram nos últimos dias os boatos de que o AIC (Autódromo Internacional de Curitiba) pode se manter ativo além da última data indicada pela direção do Autódromo. Em seu último comunicado oficial, a diretoria adiou a data de fechamento, que estava prevista para o início de julho, para o final de 2016. Agora, porém, novas especulações apontam para a continuidade de funcionamento do Autódromo sem data para fechar.

O comunicado oficial da administração do AIC, feito através do site oficial, informa que o autódromo daria lugar a um grande empreendimento imobiliário. O calendário para provas este ano também ficou comprometido para o segundo semestre de 2016. Com a prorrogação do prazo novas datas foram marcadas, e até a Stock Car deve voltar para Curitiba em outubro.

Recentemente novas especulações colocaram em dúvida o fechamento do autódromo. A versão mais comentada a é de que os investidores teriam desistido do empreendimento em função da atual crise imobiliária do país. Neste final de semana aconteceu no AIC uma etapa do Campeonato Metropolitano de Marcas e Turismo e o local apresentava reformas, o que aumentou a hipótese de continuidade das atividades.

No final da tarde desta segunda-feira Reginaldo Leme postou em uma rede social que “O Autódromo de Curitiba sobrevive à pressão imobiliária e mantém suas atividades. “Quem ganha com isso é o esporte a motor brasileiro!”.

Foram raras as vezes que a administração do AIC falou sobre o impasse, entretanto entramos em contato e aguardamos retorno.