NC10 MÍDIA
É a 1ª vez que ele fica fora de uma partida
Com uma lesão muscular constatada na parte posterior da coxa direita, o meia Danilo Sacramento está fora do jogo contra o Atlético-PR, neste sábado, dia 28 de julho, às 16:20, no Estádio Brinco de Ouro. Esta será a primeira vez, que o meia fica fora de uma partida do Guarani nesta Série B do Brasileiro.
Durante a atividade comandada pelo técnico Osvaldo Alvarez na manhã da última quinta-feira, Danilo sentiu uma fisgada na parte posterior da coxa direita, deixou o treinamento e após exame de ressonância magnética ficou constatada a lesão de grau II, o que afasta o camisa 8 bugrino do time por um período de pelo menos 30 dias.
Prestes a completar 37 jogos com a camisa do Guarani na temporada, Danilo Sacramento lamentou o episódio. “Fico triste em não poder estar em campo para ajudar o Guarani, infelizmente nós jogadores estamos sujeitos a lesões, desta vez aconteceu comigo”, lamentou o meia, que têm números significativos com a camisa do Guarani.
Até aqui, das 39 partidas, realizadas pelo Bugre na temporada, Danilo Sacramento esteve em campo em 36, sendo 21 pelo Campeonato Paulista, 3 pela Copa do Brasil e nas 12 até aqui do Brasileiro da Série B.
O meia é o segundo atleta que mais vestiu a camisa do clube na temporada, só perde para Bruno Recife, que jogou 37 partidas e está suspenso e também não enfrenta o Atlético-PR, no sábado.
Logo após o treino no Estádio Brinco de Ouro, o médico do Guarani, José Eduardo Bassul, foi convocado para dar entrevista coletiva e explicar a contusão do maestro do time. Ele atribuiu à lesão a rotina de jogos do Bugre nesta Série B. “A seqüência de jogos é muito complicada, para se ter uma idéia, jogamos sábado e já viajamos no domingo para o jogo da terça-feira, essa rotina fez com que o Danilo sofresse uma lesão muscular de grau II e ficará quatro semanas em recuperação”, declarou.
A contusão de Danilo Sacramento pegou até o técnico Vadão de surpresa. “O Danilo é um jogador que se contunde pouco e até me pegou de surpresa. Ele é um jogador muito dinâmico e a minha melhor opção pelo lado esquerdo do campo, vai fazer muita falta”, explicou Vadão, que ainda não definiu o substituto. Bruno Mendes seria a opção mais provável, porém ele sofreu uma entorse de tornozelo e passou a ser dúvida, caso não jogue a opção será Thiaguinho.
Uma mudança certa é na lateral esquerda, Bruno Recife suspenso será substituído por Alex Barros, que fará a sua estréia no time.
O provável Guarani para encarar o Atlético-PR é: Emerson; Chiquinho, Neto, André Leone e Alex Barros; Jackson, Ademir Sopa, Fabio Bahia e Kleyton Domingues; Thiaguinho (Bruno Mendes) e Schwenck.