Por Guilherme Coimbra com informações de Osmar Antônio

Daniel fez a sua estreia com a camisa alviverde (Divulgação/Coritiba)

Apesar do revés no interior do estado, nesta quarta-feira (29), o Coritiba não teve só motivos para lamentar. A partida marcou a estreia do meia Daniel com a camisa coxa-branca, que há tempos reunia grande expectativa. Mesmo tendo ficado apenas 11 minutos em campo, o jogador revelou a ansiedade para atuar pela primeira vez pelo novo clube e parabenizou a equipe, mesmo com o resultado negativo diante do Londrina.

Feliz por ter estreado, apesar do resultado reverso. Vim com a intenção de ajudar e agora me sinto preparado. Se a torcida está ansiosa, pode ter certeza que eu estou mais ainda, para poder estar entrando e ajudando em busca do título, que nós queremos muito”, disse Daniel em entrevista à Banda B.

Sem atuar desde 20 de novembro do ano passado, o meia de 23 anos chegou ao Coritiba em janeiro e estava aprimorando a forma física. Na noite de quarta-feira, teve sua estreia promovida pelo técnico Pachequinho com a missão de reorganizar o meio-campo alviverde, que estava com um jogador a menos após a expulsão do atacante Léo Santos.

Mesmo com a derrota diante do Tubarão, o jogador saiu satisfeito com a atuação do Coxa no Estádio do Café. “Apesar do resultado, eu queria parabenizar a equipe pela entrega. Foi um jogo difícil, campo pesado, jogamos praticamente um tempo com um a menos”, finalizou.