Por Pedro Melo 

Curitibano está a uma vitória de disputar a final. (Josi Schmidt/FPV)

O Clube Curitibano está próximo de garantir uma vaga improvável na grande final da Superliga B depois de perder todos os jogos da primeira fase. O time de Curitiba fez valer o mando de campo e derrotou o Brusque por 3 sets a 0, com parciais de 25-19, 25-16 e 25-16, em apenas 1h17min de partida.

Depois da vitória, o técnico Jorge Edson admitiu que o resultado tranquilo foi surpreendente pela qualidade do adversário e ressaltou a competência das jogadoras para sair na frente no confronto. “As meninas se comportaram muito bem, mas foi um jogo atípico e não é digno de semifinal porque o time deles tem uma capacidade muito maior de recuperação e é isso que a gente espera a próxima rodada. Tivemos competência em quadra e também muita sorte”, comentou o treinador, em entrevista à Banda B.

Edson ainda ressaltou que vai trabalhar durante a semana para corrigir os erros cometidos e está confiante para conseguir a classificação. “Tivemos alguns equívocos durante a partida, mas se a gente consertar, não sei se vai ser mais fácil, mas, possivelmente, a gente consiga de uma forma melhor o nosso objetivo. Estamos muito focados e não vou fácil aguentar seis derrotas seguidas. Se tiver uma ou duas partidas, vamos entrar focados”, disse.

A segunda partida do confronto entre Curitibano e Brusque acontecer no próximo sábado (01), às 20h, em Santa Catarina, e se for necessário o terceiro jogo, será realizado no dia 02 de abril.