O esgrimista Athos Schwantes, 27 anos, atleta beneficiário da Lei Municipal de Incentivo ao Esporte, garantiu neste final de semana uma vaga para disputar as Olimpíadas 2012, em Londres. O atleta conseguiu a vaga ao conquistar o segundo lugar no pré-olímpico de esgrima na modalidade espada, em Santiago, no Chile.

“Poder participar das Olimpíadas é um sonho realizado. Conquistar essa vaga foi muito difícil, com atletas de alto nível participando do pré-olimpíco, e quero agradecer a minha família e todos que me apóiam diariamente e contribuíram para que eu pudesse representar o Brasil em Londres”, disse Athos, que disputará pela primeira vez as Olimpíadas.

Athos conquistou uma das duas vagas do pré-olímpico ao vencer o argentino José Dominguez na semifinal. O chileno Paris Inostroza, de 40 anos, ficou com a outra vaga e garantiu o título da competição ao derrotar o brasileiro em uma disputada final por 15 a 12.

Membro de uma família com tradição na esgrima, Athos começou no esporte por incentivo de seu pai, Ronaldo Schwantes, que foi atleta da seleção brasileira de esgrima e conquistou um bronze no Pan-Americano de 1975.

Atual número um no ranking brasileiro de espada, o Athos é 13 vezes campeão brasileiro individual de Espada (1998 a 2011, conquistados em todas as categorias, desde infantil até adulta) e disputou os jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, em 2003, e do Rio de Janeiro, em 2007.

Desde o início das Olimpíadas, o Brasil só contou com representantes na esgrima em oito edições (1936; 1960; 1968; 1988; 1992; 2000; 2004 e 2008). Para as Olimpíadas 2012, equipe brasileira já tem confirmada a participação de Athos, Renzo Agresta, que competirá no sabre e garantiu sua vaga pelo ranking mundial, e de Guilherme Toldo, que conquistou sua vaga no pré-olímpico do Chile na modalidade florete.

Lei de Incentivo – Desde que foi promulgada, em 2002, a Lei Municipal de Incentivo ao Esporte já beneficiou 5.274 atletas e projetos de diversas modalidades esportivas. Para o primeiro semestre de 2012 foram aprovados 373 projetos esportivos para receber o apoio da lei. O número supera o alcançado do último semestre de 2011, que contemplou 352 projetos.

Atualmente a Lei de Incentivo ao Esporte beneficia atletas de 35 modalidades diferentes, inclusive de esportes mais segmentados como fisiculturismo, paraquedismo, tiro esportivo, street luge e patinação.

Entre os projetos aprovados para o primeiro semestre de 2012 se destacam os de atletas de alto rendimento, com o judô sendo a modalidade esportiva com maior número de inscrições (45), seguido do jiu-jitsu (27), triatlhon (26), natação (24) e taekwondo (19).

Também foram contemplados pela Lei Municipal de Incentivo ao Esporte 53 projetos de iniciação esportiva apresentados por entidades, escolas municipais e projetos de educação ligados ao esporte e 47 projetos de paratletas.