Por Pedro Melo

Curitibano encara Osasco nas quartas de final. (Divulgação/CBV)

O Clube Curitibano encerrou a primeira fase sem nenhuma vitória na Superliga B. Enfrentando o líder da competição, o time de Curitiba não foi páreo para o Barueri, treinado por José Roberto Guimarães, e perdeu por 3 sets a 1, com parciais de 25-21, 27-25, 17-25 e 25-13.

Depois da primeira fase com seis derrotas, o técnico Jorge Edson destacou que o time teve condições de vencer praticamente todas as partidas, mas teve dificuldade para conquistar o último ponto de cada set. “O que a gente leva de lição é o seguinte. Todas as equipes que perdemos, todos os sets, nós tínhamos chances de ganhar. Foi assim com Chapecó, São Bernardo e Brusque. Nossa equipe tem essa condição, mas nosso foco é em apenas um adversário”, comentou.

Segundo o regulamento da competição, apenas o líder avança diretamente para a semifinal e os outros seis times disputam as quartas de final. Lanterna da fase de grupos, o Curitibano vai enfrentar no mata-mata o ADC Osasco, em confronto melhor de três jogos. A primeira partida será no próximo domingo (12), no ginásio do Clube Curitibano, em horário ainda a definir.

“Nos dias 11 e 18 são as nossas chances. Todo mundo que ganhou quatro ou cinco jogos se perder duas, está fora. O meu time, perdendo seis, se ganhar dois jogos, está na semifinal. Não existe uma próxima chance”, finalizou o treinador.

Já o outro representante paranaense, o São José dos Pinhais perdeu na última rodada para Brusque por 3 sets a 0, parciais de 25-20, 25-20 e 25-17, e aguarda o desfecho da rodada neste domingo (05) para saber se enfrenta o próprio Brusque ou São Bernardo nas quartas.