A CBF até assinalou com a possibilidade de o Coritiba herdar uma vaga para a Libertadores de 2012 caso o Vasco (campeão da Copa do Brasil) vencesse também a Copa Sul-Americana. Mas a Conmebol decidiu que se o Vasco vencer a competição, a vaga fica com o vice da Sul-Americana e não com o país do time campeão.

Isso vale também para o Vélez Sarfield, da Argentina, que também já tem vaga garantida na Libertadores do ano que vem. Se o Vélez ou o Vasco conquistarem a Sul-Americana, o time que ficar em segundo na competição irá para a Libertadores de 2012, e não uma outra equipe da Argentina ou do Brasil.

“Levamos o tema para a última reunião da Conmebol e ficou definido que o vice, nesse caso, fica com a vaga”, afirmou Nestor Benítez, porta-voz da Copa Sul-Americana, entrevista àFolha de São Paulo. “É mérito esportivo, se não for o segundo colocado, será o mais bem colocado que não tiver vaga ainda na Libertadores”, completou Benítez.

A Conmebol tomou essa decisão também por querer evitar que um país tenha mais de seis representantes na Libertadores. Caso o Coritiba herdasse a vaga do Vasco, o Brasil teria sete equipes na competição do ano que vem. O Santos, atual campeão da Libertadores, o Vasco, campeão da Copa do Brasil, e os quatro melhores colocados no Brasileirão vão representar o país na Libertadores de 2012.