De discurso modesto e pautado na cautela, o técnico Marcelo Oliveira vem conduzindo o Coritiba pelo caminho das vitórias em 2011. O mineiro, que tem como lema o trabalho duro, está colocando o seu nome na história do time do Alto da Glória. O desafio de hoje é dos mais importantes para o Coxa, que está a poucos passos de conquistar a inédita vaga na finalíssima da Copa do Brasil, diante do Ceará, na presença da torcida.

Divulgação/Coritiba
Técnico terá o retorno de Bill, advertido pelo STJD nesta terça-feira (24)

O técnico garante que o gurpo está mobilizado e irá jogar com muita alegria no Couto Pereira. “Sinto no grupo um clima de muita alegria, um espírito de decisão, de que vamos fazer um grande jogo. Isso nos traz uma confiança muito grande”, frisa Marcelo Oliveira, que tenta blindar o grupo alviverde de qualquer favoritismo. “Não só trabalhamos a parte tática, estratégia de jogo, marcação, mas trazemos de surpresa alguma coisa que possa motivar os jogadores. Se bem que jogar no Coritiba, o momento que vivemos e a oportunidade que temos já são uma motivação natural”, diz.

O psicológico dos jogadores também está sendo trabalhando, pra evitar quaisquer problemas no desempenho em campo. “Não posso estar ansioso, tenho que ter confiança no trabalho realizado. Estamos muito preparados”, ressalta o treinador, que não quer demostrar preocupação para não desequilibrar o grupo. “A gente tem cuidado com o adversário, que é um ótimo time e vai buscar o resultado com muita garra. Mas chegar à final é fundamental para a nossa equipe”, garante.

Vaga inédita

A preparação, física e mental, é feita desde o início da temporada, mas principalmente agora, que o time está muito perto de chegar à fase final da Copa do Brasil. “O pensamento é a possibilidade e oportunidade de entrar para a história do clube percebendo que o Coritiba nunca enfrentou uma final de Copa do Brasil, nem esses jogadores nem eu. É uma situação nova para todos e vamos lutar muito por isso”, destaca, lembrando das conquistas que o time já teve no ano.

A matemática da classificação do Coxa é simples: qualquer vitória credencia a equipe a seguir com o sonho da Copa do Brasil, já que o primeiro jogo ficou empatado sem gols. ”A gente trabalha com a perspectiva de um resultado positivo e, se em algum momento administramos o jogo para trazer para cá, vamos jogar com determinação para conquistar a vitória dentro de casa”, aponta Marcelo Oliveira, que aposta um palpite quanto à postura do Ceará na partida de hoje. “Possivelmente eles vão jogar mais fechados e arriscar no contra-ataque, então temos que nos impor e ter equilíbrio entre defesa e ataque”, finaliza, acreditando na força da torcida, que deve lotar o Couto Pereira na noite desta quarta-feira (25).