O Paratiba 93 da história teve altos e baixos no Couto Pereira. O Coritiba fez um primeiro tempo espetacular, envolveu o Paraná e abriu a vantagem de 3 a 0. No segundo tempo, o Verdão diminuiu o ritmo e o Tricolor conseguiu marcar dois gols e buscar o empate. No entanto, o time alviverde foi mais eficiente e conseguiu vencer o clássico pelo placar de 4 a 2, assumindo a liderança isolada do segundo turno do Paranaense.

Domínio alviverde no Alto da Glória

O jogo começou bastante movimentado, com o Coritiba tendo mais posse de bola e indo pra cima do adversário, empurrado pela torcida que marcou presença no Couto Pereira. Mas a partida era disputada, porque o Tricolor conseguia explorar bem os contra-ataques, além de se defender com qualidade. Tanto que o primeiro lance de perigo do clássico aconteceu aos 16 minutos, em cobrança de falta de Léo Gago que Thiago Rodrigues defendeu.

O Coritiba era melhor em campo e conseguiu abrir o placar, aos 18 minutos. Davi acertou uma bomba de fora da área e marcou um golaço no Alto da Glória: 1 a 0 Verdão. Aos 22, Marcos Aurélio bateu rasteiro e Thiago Rodrigues fez grande defesa. Aos 23, em cruzamento para a área, Thiago Rodrigues deu rebote e Bill só empurrou para o fundo das redes: 2 a 0 Verdão.

O tempo passava e o Paraná seguia mais se defendendo do que atacando, enquanto o Verdão tinha domínio da partida e criava boas oportunidades de gol. Aos 33 minutos, Rafinha soltou uma bomba e a bola foi pela linha de fundo. Aos 43, Anderson Aquino bateu da pequena área e o goleiro tricolor espalmou. No último lance do primeiro tempo, Marcos Aurélio cobrou escanteio e Emerson, livre, chutou para ampliar o marcador: 3 a 0 Verdão.

Reação Tricolor no segundo tempo

A etapa final não mudou no Alto da Glória e o Coritiba seguiu criando as melhores oportunidades de gol, enquanto o Paraná não conseguia atacar com perigo e também já não se defendia tão bem. Aos poucos, o time da casa foi diminuindo o ritmo, administrando com qualidade a boa vitória conquistada até então e se mantendo com mais posse de bola.

Aos 18 minutos, o melhor lance do Paraná na partida: Douglas Packer bateu forte e Edson Bastos fez grande defesa. Aos 25, foi a vez do Coritiba atacar, com chute de Jeci que Thiago Rodrigues espalmou. Aos 27, Marcos Aurélio arrematou de fora da área, Emerson aproveitou o rebote e empurrou para o fundo das redes, mas o gol foi anulado porque a arbitragem entendeu que o zagueiro alviverde estava impedido.

Até que, aos 34 minutos, Luiz Camargo recebeu na área e bateu no canton esquerdo alto de Edson Bastos, que nada pôde fazer: 3 a 1 Verdão, e um golaço do Tricolor. E aí o Paraná deu uma acordada em campo e foi pra cima do Coritiba. Aos 42 minutos, Paulo Henrique chutou com categoria para o fundo das redes: 3 a 2 Verdão.

E o clássico pegou fogo nos minutos finais. O Paraná foi em busca do empate, mas quem balançou as redes foi o time da casa, aos 44 minutos. Anderson Aquino recebeu cruzamento rasteiro na área e bateu na saída de Thiago Rodrigues: 4 a 2 Coritiba e fim de jogo no Couto Pereira.

FICHA TÉCNICA

Coritiba 4×2 Paraná
Local: Couto Pereira
Data: 13/03/2011
Horário: 18h30

Árbitro: Edivaldo Elias da Silva
Assistentes: José Amilton Pontarolo e Sidney Pedro da Silva

Coritiba: Edson Bastos, Jonas, Pereira (Jeci), Emerson, Willian, Eltinho (Lucas Mendes), Léo Gago, Davi, Rafinha, Marcos Aurélio e Bill (Anderson Aquino)
Técnico: Marcelo Oliveira
Banco: Vanderlei, Marcos Paulo, Jeci, Tcheco, Lucas Mendes, Geraldo e Anderson Aquino

Paraná: Thiago Rodrigues, Paulo Henrique, Luciano Castán, Rodrigo Defendi, Henrique (Lima), Anderson, Maicon Freitas (Léo), Luiz Camargo, Kerlon (Douglas Pecker), Diego e Kelvin
Técnico: Ricardo Pinto
Gols: Davi, aos 18′ do 1º tempo (Coritiba); Bill, aos 22′ do 1º tempo (Coritiba); Emerson, aos 42′ do 1º tempo (Coritiba); Luiz Camargo, aos 34′ do 2º tempo (Paraná); Paulo Henrique, aos 42′ do 2º tempo (Paraná); Anderson Aquino, aos 45′ do 2º tempo (Coritiba)

Público pagante: 16.184
Público total: 18.457
Renda: R$ 292.530,00