No duelo dos times com melhor aproveitamento na temporada 2011, deu Flamengo, no Engenhão: 1 a 0 em cima do Coritiba. Mesmo jogando fora de casa, o Verdão não se assustou com a força do rubro-negro carioca, única equipe ainda invicta no Campeonato Brasileiro e que agora dorme na liderança da competição. O Coxa foi pra cima, jogou melhor em boa parte da partida, mas foi castigado com um gol de Jael aos 44 minutos do segundo tempo.

Com essa derrota fora de casa, o Verdão continua na 10ª colocação, mas ainda pode ser ultrapassado com o complemento da rodada deste domingo.

Coritiba tem mais posse de bola, mas peca nas finalizações

Logo no primeiro minuto de jogo, Ronaldinho Gaúcho cruzou para a área e Renato Abreu cabeceou com muito perigo, por cima da meta coxa-branca. Mas a partida era equilibrada, pois o Coritiba ia pra cima e também criava jogadas de ataque. Aos poucos, o Coxa foi ficando com mais posse de bola, mas encontrava dificuldade em furar a forte marcação imposta pelo rubro-negro carioca, que já não conseguia mais incomodar o goleiro Edson Bastos.

Aos 19 minutos, Donizete recuperou a bola na intermediária e tocou para Bill, que arrematou forte para boa defesa de Felipe. Mas o lance não valeu nada, porque a arbitragem marcou impedimento do atacante alviverde. O Flamengo errava muitos passes e só voltou a atacar aos 22 minutos, em chute de Luiz Felipe. Mas o Verdão era muito superior em campo, tocava melhor a bola e pressionava o adversário, faltando apenas caprichar um pouco mais nas finalizações.

Aos 26 minutos, Léo Gago bateu cruzado e Bill, da pequena área, chegou de carrinho na bola, que acabou indo pela linha de fundo. Aos 32, Ronaldinho Gaúcho cobrou falta com muito perigo e Edson Bastos fez uma defesa espetacular, evitando o primeiro gol rubro-negro. O tempo passava e o Coritiba seguia dominando o Flamengo, mas ao mesmo tempo desperdiçando muitas oportunidades de abrir o placar. Apesar das tentativas alviverdes, o primeiro tempo terminou com empate em 0 a 0.

Verdão continua bem no jogo, mas é castigado com gol no fim

A etapa final começou movimentado, com as duas equipes criando boas jogadas de ataque. O Flamengo voltou mais acesso e quase abriu o placar aos 10 minutos, quando Deivid perdeu um gol incrível, na pequena área, e no rebote, Renato Abreu chutou por cima da meta rubro-negra. Aos 13, foi a vez do Coritiba atacar com perigo: Marcos Aurélio cruzou para a área, Jonas cabeceou e Felipe fez grande defesa. O tempo passava e a partida seguia lá e cá.

Depois dos 20 minutos, as chances claras de gol diminuíram, mas a partida seguia movimentada, já que as duas equipes marcavam bem e tentavam criar as jogadas de ataque. O Coritiba explorava bem os contra-ataques, mas continuava pecando nas finalizações. Aos 38 minutos, Jael chutou com perigo, a bola bateu na trave e sobrou nas mãos de Edson Bastos. O Coritiba ia segurando um bom empate fora de casa até que, aos 44 minutos, Ronaldinho Gaúcho cruzou da esquerda, Jael subiu mais que todo mundo e cabeceou no canto direito de Edson Bastos: 1 a 0 Flamengo, e fim de jogo no Engenhão.