A cada jogo o Coritiba dá uma nova prova do belo futebol que vem apresentando na temporada 2011. A goleada de ontem por 6 a 0 em cima do Palmeiras foi mais uma partida em que o Verdão deu show e venceu com tranquilidade. Mas além de se garantir na semi-final da Copa do Brasil mesmo ainda tendo que realizar o jogo de volta na próxima quarta-feira, em São Paulo, o Coxa quebrou mais recordes no futebol brasileiro.

O Coritiba completou ontem 29 partidas sem derrota na temporada, ou seja, não perdeu um jogo sequer no ano. Além disso, segue isolado no quesito vitórias consecutivas dentro da história do futebol brasileiro: Até agora já são 24. A goleada por 6 a 0 em cima do Palmeiras significou também o maior placar do duelo entre Coritiba e Palmeiras. O recorde até então era do Porco, que havia derrotado o Coxa por 5 a 0 no Campeonato Brasileiro de 1996.

Além disso, o Coritiba conseguiu aplicar a maior goleada da história das quartas de final da Copa do Brasil. Os maiores placares até ontem eram Corinthians 6 x 2 Atlético-PR, em 1997, e Cruzeiro 7 x 3 Baraúnas-RN, em 2005. O Cruzeiro pode até ter marcado mais gols que o Coxa, mas venceu pela diferença de quatro gols, assim como o Timão. A equipe coxa-branca, no entanto, goleou o Palmeiras por seis gols de diferença.

Se não bastasse isso, o Coritiba conseguiu ainda impor ao Palmeiras a maior derrota da história de Luiz Felipe Scolari sob comando do clube paulista. Felipão já havia sido derrotado por 5 a 1 para Vasco e São Paulo, e também por 4 a 0 para o Fluminense, todos esses jogos em 1999. No retorno ao Porco, Felipão não havia sofrido nenhuma derrota do nível como foi a de ontem para o Coxa.

Jogo de volta

O jogo de volta contra o Palmeiras está marcado para a próxima quarta-feira, de 11 de maio, às 21h50, no estádio Pacaembu. O Coxa pode até perder por 5 a 0 que avança para a semi-final. O meia Rafinha e o volante Léo Gago receberam ontem o terceiro cartão amarelo e estão suspensos para a partida em São Paulo.